Makset se converteu ao cristianismo em 2000, e logo se tornou um líder ativo em Nukus
 Pastor uzbeque é solto da prisão
O pastor uzbeque Makset Djabbarbergenov foi solto da prisão em Almaty, Cazaquistão.

O pastor foi solto no dia 4 de dezembro e levado ao aeroporto, onde encontrou sua esposa e seus quatro filhos. De acordo com uma agência de notícias norueguesa, eles partiram para a Alemanha. Após chegarem a Frankfurt, foram levados para um local seguro em outro país da Europa (não informado).

Seus amigos em Almaty disseram: "precisamos agradecer o governo cazaque – eles fizeram a coisa certa".

Os guardas da alfândega disseram para Makset que ele estava proibido de retornar ao Cazaquistão até 2017.

A libertação do pastor e seu asilo na Europa foram facilitados pelo Alto Comissariado para Refugiados da Organização das Nações Unidas. Os representantes o encontraram quando saía da prisão, o levaram para o aeroporto e o acompanharam até que ele passasse pela imigração, para garantir que não haveria nenhum problema.

Makset foi preso em Almaty em 5 de setembro, a pedido das autoridades do seu país de origem, o Uzbequistão, que ordenou que ele retornasse ao país e enfrentasse as acusações de praticar religião fora da lei do Estado.

O pastor se tornou cristão em 2000, e logo se tornou um líder ativo em Nukus, capital do Caracalpaquistão, uma região autônoma do Uzbequistão. Atualmente, a igreja protestante na região é considerada ilegal.

Ele foi preso seis vezes e, após uma invasão policial em seu apartamento em 2007, ele e sua família fugiram para Tashkent, a capital do Uzbequistão. Ele foi para o Cazaquistão no mês seguinte, e a família o seguiu algum tempo depois. Apesar de a ONU apoiar seu pedido de asilo, o pastor Makset foi preso no dia 5 de setembro, para ser extraditado e condenado a até 15 anos de prisão.

Sua esposa Aigul conversou com a Portas Abertas Internacional nesse período e disse: "Ore para que possamos seguir a Deus, para onde quer que Ele nos envie. Queremos que Ele resolva essa situação e nos diga o que devemos fazer".

Aigul, que agora espera seu quinto filho – já se encontrou com seu marido. A família agora está ansiosa por um novo começo, aonde quer que Deus os envie.

Somos muito gratos pelas orações e apoio de todos!

- Louve a Deus pela libertação do pastor Masket, e porque ele está novamente com sua família.

- Ore por Makset, Aigul e seus filhos, pois precisam recomeçar suas vidas em um novo país.

- Peça a direção de Deus enquanto eles buscam a vontade dEle para o futuro de seu ministério.
 
Fonte: Portal CPAD
 

Postar um comentário

Pr. Antonio Romero Filho

{picture#http://imagizer.imageshack.com/img922/3226/HlUzqY.jpg} Presidente da Assembleia de Deus - Ministério de São Lourenço - MG - Brasil. Fundador do CIM - Centro Internacional de Missões. Pioneiro de Missões do Ministério de Taubaté - SP - 1981/2001 - Diretor responsável pelo Portal CNB. {facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}
Tecnologia do Blogger.