Você já conhece as noções básicas: sorrir mais, fazer mais exercício e fazer mais trabalho voluntário. Mas se ser uma pessoa verdadeiramente mais feliz for o item principal de sua lista de resoluções para este ano, saber o que você não deve fazer pode ser tão importante quanto as coisas que você deve fazer para encontrar a felicidade. A seguir, listamos 6 comportamentos nocivos que nos impedem de alcançar a felicidade, elimine-os de sua vida e você vai se sentir muito feliz por ter feito isso. (Faça de seu bem-estar uma prioridade este ano! Una-se a Prevention e a outras mentes líderes em promover o bem-estar e a saúde, participe de nossa conferência anual R3).


(Foto: Getty Images)
Elas não… estão checando o Facebook o tempo todo


(Foto: Getty Images) 
No farol vermelho, na sala de espera de algum consultório, antes de ir para a cama: o terreno que conduz ao vício nas redes sociais é escorregadio e traiçoeiro — além de deixar você mal-humorada. “Na maior parte do tempo, eu não me sinto feliz quando estou navegando pelos posts sem nenhum propósito,” diz Lisa O’Brien, proprietária e CEO da LifeYum, Inc., uma empresa dedicada a orientar as pessoas sobre o bem-estar e a qualidade de vida. “Ocorre exatamente o contrário, eu me sinto realmente feliz precisamente quando não estou checando meu perfil no Facebook. Eu vivo o momento, focada no que estou fazendo e nas pessoas com quem estou.” De fato, um estudo recente, realizado pelo Happiness Research Institute (Instituto de Pesquisa da Felicidade), mostrou que os usuários do Facebook têm 39% mais de probabilidade de se sentirem menos felizes do que aqueles que não tem uma conta. 
Remover os aplicativos de redes sociais de seu telefone é um excelente primeiro passo para viver seus momentos intensamente, você se sentirá menos tentada a começar a verificar novas mensagens impulsivamente. “Você aprenderá a desfrutar os momentos em que não está rolando o dedo pela tela de seu smartphone, ou digitando alguma mensagem”, diz O’Brien. Além do mais, acrescenta ela, você vai eliminar outra fonte de “coisas infindáveis” (como verificar e-mails) — que além de ser estressante, nos deixa totalmente frustradas, já que ninguém gosta de deixar coisas pendentes. “É difícil relaxar quando você sente que há algo que deve fazer ou que exige sua atenção o tempo todo.”
Elas não… esquecem de fazer uma pausa na rotina


Uma agenda lotada “cria um sensação de correria antes mesmo que seu dia comece, você sente que não tem tempo nem para respirar e que se parar para fazer isso, vai ficar para trás”, diz O’Brien. As pessoas felizes sabem quando dizer um não educadamente. Elas sabem que podem trabalhar melhor quando estabelecem as prioridades de sua agenda, explica ela. Não consegue evitar um dia duro no trabalho? Tome alguns minutos entre as reuniões e se concentre em sua respiração — ela é suamelhor ferramenta para relaxar durante um dia frenético, diz ela. Concentre-se no “frescor de uma brisa suave enquanto você inala e no calor do sol enquanto você exala. Conte quantas vezes você inala e exala e exale o ar mais lentamente (durante o dobro do tempo que você dedica a inalar) para suavizar seu ritmo cardíaco.”
Elas não… se rodeiam de gente que vive se queixando de tudo


(Foto: Getty Images) 
Na maioria das vezes, você pode escolher as pessoas com quem divide ou passa seu tempo. “Se o ar ficar muito carregado de negatividade ou aquela companhia desagradável já durou demais, peça licença e se retire da conversa”, aconselha June Archer, autor de Yes! Every Day Can Be A Good Day (Sim! Cada Dia Pode Ser um Bom Dia — em tradução livre). O momento pode ser difícil, mas ter sua energia sugada por alguém que adora fazer o papel de vítima não ajuda, explica ele. Dar atenção a essas “vítimas” pode fazer com que você se sinta bem no momento, mas passar muito tempo com pessoas assim produz um efeito negativo a longo prazo, pois elas acabam imprimindo essa negatividade em seus relacionamentos e em sua felicidade. “Como diz o ditado: ‘Diga-me com quem andas e te direi quem és’”, diz ele.
Elas não… culpam os outros por seus problemas

“Quando as coisas não funcionam como o planejado ou resultam de maneira inesperada, as pessoas felizes reagem com curiosidade e esperam que haja uma explicação razoável para isso”, afirma Angela Sarafin, uma terapeuta matrimonial e familiar que vive em Washington, EUA. “Elas simplesmente perguntam: ‘O que aconteceu?’ Sua atitude é oposta a ficar frustrados e pensar: ‘Como foram capazes de fazer isso logo comigo?’” Mesmo quando são prejudicadas pelas ações de outrem, as pessoas felizes tendem a se preocupar com os motivos que levaram essas pessoas a agir dessa forma, diz Sarafin. Em outras palavras, as pessoas felizes não levam tudo para o lado pessoal. “Algumas pessoas são abençoadas ao ter uma perspectiva positiva como um aspecto de sua personalidade, mas na verdade essa é uma habilidade que a maioria de nós pode aprender, se estivermos dispostos a dedicar tempo a converter nossos padrões de pensamento.” (Veja aqui como deixar de sentir-se uma vítima.)
Elas não… vivem se comparando com os outros

Mais um ataque contra o Facebook: vários estudos descobriram que ele pode estragar sua felicidade, porque faz com que comparar você mesma com outras pessoas seja bem mais fácil. Em vez de ser tão dura consigo mesma, tome uma boa dose de realidade. “Minha mãe me disse há muito tempo, que as pessoas costumam se gabar para se sentir melhor”, diz Nanette, uma mulher de 50 anos. “Quando alguém me diz que dirige um Cadilac, eu gosto de pensar que ele provavelmente já tenha mais de 20 anos e está todo enferrujado.” Quando alguém fala sobre o fim de semana que passou velejando em seu barco? É provável que ele seja um simples bote. “Pensar assim é ‘muito liberador’”, diz ela.
Elas não se esquecem de comemorar…o sucesso dos outros


(Foto: Getty Images) 
A reação de uma pessoa feliz quando alguém ganha na loteria? “Fantástico, estou muito feliz por ela!” Diz o psicólogo Lynn D. Johnson, de Salt Lake City, EUA. “As pessoas infelizes vivem em um mundo pequeno onde as recompensas são assustadoras. As pessoas felizes vivem em um mundo grande e cheio de coisas a explorar”, explica ele. Da próxima vez que algum amigo receber uma promoção, felicite-o e faça isso com sinceridade. E quanto aos ganhadores da loteria? Você não sabe quando será sua vez, então por que não compartilhar a alegria deles? Para resumir, há muitas coisas boas que estão ao nosso alcance — ser feliz com a felicidade dos outros não significa que você não vá receber sua própria quota de felicidade no futuro. Isso significa simplesmente que quando isso acontecer, você será uma pessoa muito mais feliz. 
Este artigo ‘ 6 Coisas que as pessoas felizes nunca fazem‘ foi publicado originalmente no site Prevention.com.
PreventionPor Melissa Florenza
Fonte: Yahoo

Pr. Antonio Romero Filho

{picture#http://imagizer.imageshack.com/img922/3226/HlUzqY.jpg} Presidente da Assembleia de Deus - Ministério de São Lourenço - MG - Brasil. Fundador do CIM - Centro Internacional de Missões. Pioneiro de Missões do Ministério de Taubaté - SP - 1981/2001 - Diretor responsável pelo Portal CNB. {facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}
Tecnologia do Blogger.