A tendência moderna é inventar um tipo de Religiosidade regada com exibicionismo e manipulações humanas para caçar homens e mulheres, desesperados e desorientados.

Isto que estamos presenciando  em larga escala no Brasil, não é nada novo ou moderno, pois "não há nada novo debaixo do sol", O que a Bíblia revela em suas páginas sagradas é o que tudo o que já ocorreu no passado  também acontecerá nos dias atuais.

Depois do Dilúvio "corretivo" que caiu sobre a terra, os descendentes e as gerações de Noé cresceram e se multiplicaram "e era a terra de uma mesma língua e de uma mesma fala" ( Gn 11.1).

Dos descendentes de Cão ou Cam, se destaca um individuo chamado Ninrode, e diz a Bíblia, que ele começou a ser poderoso na terra. E este foi poderoso caçador diante da face do Senhor, por isso se diz: Como Ninrode, poderoso caçador diante do Senhor. (Gn 10.9,10).

De acordo com os entendidos em História do Velho Testamento, Ninrode foi um grande "caçador de multidões", inclusive afirmam que ele foi o mentor, em edificar a altíssima "Torre de Babel", para manipular e liderar as mentes e os corações das multidões, ocas e vazias do conhecimento do Deus Verdadeiro. (Gn 10.8-12). Através desta ambição de grandeza religiosa, veio a confusão das línguas e da diversidade das culturas existentes até o dia hoje.

Outro relato bíblico, interessante e impactante está registrado em Daniel 4.28-35, leia prezado leitor e tire suas sinceras conclusões à respeito. O grande rei Nabucodonosor, líder e conquistador mundialmente conhecido, quando passeava contemplando sua "grande construção", diz: "Não é esta a grande Babilônia que eu edifiquei para a casa real, com a força do meu poder, e para a glória de minha magnificência?

As Escrituras Sagradas, relatam que na mesma hora, cumpriu-se a Palavra de Deus sobre Nabucodonosor, e ele foi tirado dentre os homens,e a sua morada foi com os animais do campo, onde ali comeu erva como os bois, até que ficasse humilde e desse gloria ao Deus dos Céus.

Outra verdade extraída da Bíblia, está registrada em Mateus 4.5,6. Então o Diabo o conduziu à Cidade Santa, e colocou-o sobre a parte mais alta do templo e desafiou-lhe: “Se tu és o Filho de Deus, joga-te daqui para baixo. Pois está escrito: ‘Aos seus anjos dará ordens a teu respeito, e com as mãos eles te susterão, para que jamais tropeces em alguma pedra". (Mt 4:5-6)

No Pináculo, satanás ofereceu a Jesus um modelo eclesiástico muito usado na construção de estruturas religiosas modernas. Tudo recheado com vastas quantidades de ostentação, poder, prosperidade e influência. Ambas oferecidas com grande entusiasmo, mas o negócio religioso é tratado como patrimônio particular de gestão empresarial e familiar.

O dito templo fora reconstruído e reformado por Herodes o Grande. para politizar, agregar e manipular os judeus descontentes na sua época por estarem dominados pelo império romano, que lhes davam certas liberdades maquiadas como hoje nos dias atuais. Este Herodes com certeza foi aquele que Atos 12.21-23, relata que após uma grande "prática ou oratória", o povo começou a idolatrá-lo, dizendo: voz de Deus, e não de homem. E no mesmo instante, feriu-o o anjo do Senhor, porque não deu glória a Deus e, comido de bichos expirou (Atos 12.23).

Muitos líderes religiosos olham para os seus templos construções como se fossem a sua sala de troféus onde exibem suas medalhas, taças e diplomas. Paulo não construiu templos e disse aos Coríntios que eles (pessoas redimidas) eram as únicas cartas de apresentação que poderiam ser apresentadas diante do trono de Deus.

Finalizo, declarando que é importante ter templos grandes  ou pequenos para abrigar e congregar o povo de Deus e para proclamar as Boas Novas da Salvação, mas quando a exuberância e  os gastos exorbitantes desenfreados são investidos e aplicados em  "pedras da ambição e da luxuria religiosa pessoal", podemos com certeza ouvir a voz do Senhor Jesus bradando mais uma vez: "...Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derrubada". (Mt 24.1,2)

Este tipo de templo não será arrebatado, mas fará parte da massa falida cujo destino previsto cairá  no controle e administração do anticristo que talvez poderá demoli-los ou utilizá-los para o seu bel prazer maquiavélico.

Fontes: Guiame, Bíblia Sagrada, Dicionário da Bíblia de Almeida e comentários do:
Pastor Antonio Romero Filho

Postar um comentário

Pr. Antonio Romero Filho

{picture#http://imagizer.imageshack.com/img922/3226/HlUzqY.jpg} Presidente da Assembleia de Deus - Ministério de São Lourenço - MG - Brasil. Fundador do CIM - Centro Internacional de Missões. Pioneiro de Missões do Ministério de Taubaté - SP - 1981/2001 - Diretor responsável pelo Portal CNB. {facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}
Tecnologia do Blogger.