A Arca de Noé está vindo para o Brasil. Sim, ela mesma! Aquela da Bíblia, só que mais moderna. Ela está ancorada na Holanda, é maior do que um campo de futebol e tem capacidade para 5.000 pessoas. Mas ela não navegará pelas águas do oceano Atlântico levando um casal de cada espécie animal, mas sim oferecerá palestras, filmes e discussões bíblicas.
Reprodução/arkofnoah.org
Mas não se preocupe, não há nenhuma previsão de dilúvio bíblico para que ela saia do porto. Será apenas uma espécie de "turnê", uma "jornada da esperança", como define o seu construtor, o holandês Johan Huibers.
Concluída em 2012, a Arca já recebe turistas e se tornou realidade depois que Huibers sonhou com a inundação da sua terra natal --vale lembrar que parte da Holanda está abaixo do nível do mar.
O carpinteiro diz ter usado as mesmas medidas de Noé no Antigo Testamento. Mas, segundo o site oficial da arca, Huibers decidiu que o barco não deveria ficar somente na Holanda, e deveria espalhar sua missão na América do Sul, Central e do Norte.
E se você ficou interessado, o plano é que ela esteja aqui durante as Olimpíadas e fique no país por pelo menos dois anos (podendo chegar a até quatro) no Rio de Janeiro. O roteiro da Arca pretende passar por Fortaleza, Manaus, Belém, Recife, Salvador, Vitória, Santos, Florianópolis e Porto Alegre. Está nos planos ainda Montevidéu, no Uruguai, Buenos Aires, na Argentina, San Francisco e Seattle, nos EUA.
Reprodução/arkofnoah.org
Reprodução/arkofnoah.org

Fonte: Yahoo notícias

Postar um comentário

Pr. Antonio Romero Filho

{picture#http://imagizer.imageshack.com/img922/3226/HlUzqY.jpg} Presidente da Assembleia de Deus - Ministério de São Lourenço - MG - Brasil. Fundador do CIM - Centro Internacional de Missões. Pioneiro de Missões do Ministério de Taubaté - SP - 1981/2001 - Diretor responsável pelo Portal CNB. {facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}
Tecnologia do Blogger.